Anúncios
Saúde e alimentação

Vermes: Comuns, mas exigem atenção!

Apesar de serem um problema relativamente comum entre os animais, os vermes são um assunto sério e devem ser combatidos o quanto antes.

05
crédito foto: Shutterstock.com

Nossos animais estão o tempo todo expostos a situações que podem acarretar na contração de vermes. Calma, gente, isso é mais comum do que parece, apesar de ser um problema que deve ser tratado o quanto antes, evitando uma série de problemas graves que acontecem devido à presença desses organismos no corpo de nossos bichinhos.

É importante ficar atento ao tipo de vida que seu pet leva. Animais que vivem em casas ou que passeiam livremente pela rua exigem atenção redobrada, já que o risco de “pegar” alguma verminose é maior. Isso acontece porque nós sabemos que nossos cães e gatos têm uma quedinha por revirar um lixinho ou outro, apreciam se esfregar na grama e amam o contato com outros animais. Mas isso não quer dizer que aqueles que vivem em apartamento ou casas sem quintal estejam livres desses organismos.

O que é importante saber sobre vermes e vermífugos

Existem os vermes chatos (achatados) e os redondos (que são… redondos!), e para cada grupo existem as bases medicamentosas de tratamento.

Por cada parasito ter um ciclo de vida diferente do outro, existe um tempo certo para administração do vermífugo de acordo com cada espécie. Há casos em que é necessário repetir a dose e outros, administrados em dose única.

Por esses motivos, os vermífugos só são indicados após os exames de fezes ou quando o animal apresenta sinais clínicos, através dos quais sabemos que vermes o estão infestando. Têm casos em que o médico veterinário consegue ver o verme nas próprias fezes e, consequentemente, sabe qual o melhor vermífugo e o melhor tratamento para o animal (sem desperdiçar seu dinheiro). Às vezes, se olharmos com atenção, conseguimos ver esse vermes quando catamos o coco do animal.

E o vermífugo não previne futuras infestações dos vermes, ele apenas mata e elimina os vermes adultos que já estão dentro do seu animal.

Fezes amolecidas, com muco e outros sintomas comuns de infestações

Existe um verme que parece um grão de arroz andando! Esse é o Dipylidium, que é transmitido através das pulgas. Então se o seu animal tem ou teve pulga há pouco tempo, fique de olho nas fezes dele.

Fezes amolecidas e com muco são possíveis indicadores de Giárdia, mas essa verminose não é vista nos exames quando o animal está com diarreia. Para fazer o exame e ter o diagnóstico, é melhor fazer quando as fezes estão na fase da giardíase, ou seja, durinhas.

Mas esses são apenas os tipos mais comuns de verminoses que podem afetar seus animais, existem muitos outros. Então boa alimentação e condições de higiene adequadas são essenciais para evitar esse tipo de problema.

Peça ao seu médico veterinário um exame de fezes para o seu animal e não esqueça: você também deve consultar o seu médico!

Anúncios

0 comentário em “Vermes: Comuns, mas exigem atenção!

%d blogueiros gostam disto: