Anúncios
Comportamento

Animais e carros: Como viajar com segurança

Sem alguns itens de segurança, o passeio ou viagem de carro pode se tornar um grande transtorno. Então dê uma olhada na lista do que é preciso para dar mais segurança ao seu pet dentro do carro.

12.jpg

Por mais que as leis de trânsito não exijam os itens de segurança para animais nos carros, como falamos neste post, é legal se preocupar com a segurança deles em viagens e passeios de automóvel.

Algumas medidas simples evitam acidentes graves para seu animal e para você, que precisará de atenção redobrada, caso ande com seu melhor amigo solto dentro do carro. E as possibilidades de incidente são inúmeras: além das mais óbvias — os clássicos acidentes de trânsito —, o animal pode ainda pular pela janela, sair pela porta sem que você sequer perceba ou ficar assustado e desorientado após uma batida leve ou movimentos mais brusco do carro, acarretando consequências mais complicadas para todos. Resumindo, para que o pior não aconteça, existe uma série de itens para aumentar a segurança dos pets enquanto estiverem com você no carro. Confira.
Coleira Peitoral: Uma coleira peitoral segura, da qual o pet não consiga se soltar (se movimentando para trás ou lados), é muito importante. Dê preferência àquelas que têm regulagem na região do abdômen e do pescoço e deixe-a bem justa. Os donos de gatos devem se lembrar de que esses animais são mais flexíveis, então não fique com pena, coleira mais justa significa menos riscos de acidentes.

Guia do Cinto de Segurança: Ao conectar o mosquetão da guia (aquela espécie de gancho que prende a guia à coleira) ao conector do carro, confirme se ambos estão firmes. Regule a guia em uma distância na qual ele não consiga pular pela janela nem atrapalhar o condutor na direção. Na hora de tirar o pet do carro, abra a porta e, primeiro, espere que ele se acalme, só então acione o botão que desprende o cinto. E lembre-se: só deixe o animal sair do carro após a sua autorização.

Caixa de Transporte: A caixa ideal para o pet é aquela que ele consegue dar uma volta de 360 graus e ficar de pé. Mas ela não deve ser grande o bastante a ponto de o animal não ter estabilidade lá dentro. Dentro do carro, acomode a caixa de transporte em um local que ao longo da viagem receberá ventilação adequada e verifique se ela está bem fechada. Pode colocar um pano ou almofada para que o animal tenha maior conforto, e não deixe comida nem água dentro da caixa durante a viagem.

Durante a viagem, não se esqueça de que o pet precisa ir ao banheiro! Para saber exatamente de quanto em quanto tempo parar para que o animal faça xixi e cocô, faça o seguinte cálculo:

  • Animais de até 6 meses de idade: número de meses + 1. Por exemplo, se o cãozinho tem 3 meses, você deve programar suas paradas para cada 4 horas;
  • Animais com mais de 6 meses: as paradas devem ocorrer a cada 8 horas.

Boa viagem!!

 

Anúncios

1 comentário em “Animais e carros: Como viajar com segurança

%d blogueiros gostam disto: