Anúncios
Comportamento

Saiba quais são as leis de trânsito específicas para o transporte de animais

Apesar de muitos de nós conhecerem as regras para transporte de animais em aviões e ônibus, a maioria sequer sabe da existência de leis de trânsito próprias para isso. Por isso, para evitar aborrecimentos, cheque as leis que listamos nesta matéria.

17.3
Crédito foto: agência Clinic212

Os donos de animais que costumam viajar com seus “filhos” geralmente sabem da existência de regras para o transporte deles em aviões e ônibus. É exigida, por exemplo, a carteira de vacinação sempre em dia — e esse é somente um exemplo!

No entanto, como viajar de carro é mais comum e o volume de automóveis é bem maior que o dos dois meios de transporte que citamos no início, a fiscalização do cumprimento de leis de segurança para animais acaba por ser menor, e muitos de nós sequer sabemos que essas leis existem. Mas saiba que elas estão em vigor e que seu não cumprimento pode acarretar alguns aborrecimentos para você. E aí, você sabe o que as nossas leis de trânsito dizem sobre seu melhor amigo?

Não? Então dê uma olhada nas seguintes leis e veja o que o CTB (Código de Trânsito Brasileiro) diz sobre como transportar seus peludos de forma mais correta e segura para todos.

LEIS DE TRÂNSITO

>> Capítulo XV – DAS INFRAÇÕES – Art. 235

Conduzir pessoas, animais ou carga nas partes externas do veículo, salvo nos casos devidamente autorizados:

Infração – grave;

Penalidade – multa;

Medida administrativa – retenção do veículo para transbordo.

 

>> Capítulo XV – DAS INFRAÇÕES – Art. 252

Dirigir o veículo:

II – transportando pessoas, animais ou volume à sua esquerda ou entre os braços e pernas;

Infração – média;

Penalidade – multa.

 

>> Capítulo XVII – DAS MEDIDAS ADMINISTRATIVAS – Art. 269

A autoridade de trânsito ou seus agentes, na esfera das competências estabelecidas neste Código e dentro de sua circunscrição, deverá adotar as seguintes medidas administrativas:

X – recolhimento de animais que se encontrem soltos nas vias e na faixa de domínio das vias de circulação, restituindo-os aos seus proprietários, após o pagamento de multas e encargos devidos.

  • 1º A ordem, o consentimento, a fiscalização, as medidas administrativas e coercitivas adotadas pelas autoridades de trânsito e seus agentes terão por objetivo prioritário a proteção à vida e à incolumidade física da pessoa.
  • 2º As medidas administrativas previstas neste artigo não elidem a aplicação das penalidades impostas por infrações estabelecidas neste Código, possuindo caráter complementar a estas.
  • 3º São documentos de habilitação a Carteira Nacional de Habilitação e a Permissão para Dirigir.
  • 4º Aplica-se aos animais recolhidos na forma do inciso X o disposto nos arts. 271 e 328, no que couber.

 

>> Capítulo XX – DISPOSIÇÕES FINAIS E TRANSITÓRIAS – Art. 328

Os veículos apreendidos ou removidos a qualquer título e os animais não reclamados por seus proprietários, dentro do prazo de noventa dias, serão levados à hasta pública, deduzindo-se, do valor arrecadado, o montante da dívida relativa a multas, tributos e encargos legais, e o restante, se houver, depositado à conta do ex-proprietário, na forma da lei.

Aproveite também para conferir quais itens de segurança  são necessários para uma viagem de carro tranquila com seu pet!

Anúncios

0 comentário em “Saiba quais são as leis de trânsito específicas para o transporte de animais

%d blogueiros gostam disto: