Anúncios
Saúde e alimentação

Quando levar meu animal a uma consulta dermatológica?

Os médicos veterinários dermatologistas são profissionais que podem fazer toda a diferença na saúde e qualidade de vida do seu pet. Por isso, conheça-os, saiba quando levar seu animal a uma consulta e como ela é feita.

São muitos os casos em que esse tipo de consulta é necessário. Lesões na pele, queda de pelo e caroços que aparecem de forma inesperada são alguns dos exemplos de situações em que o médico veterinário dermatologista é indicado. Caso seu pet esteja com algum nódulo, você pode tirar algumas dúvidas neste post  todo sobre isso.

O que é feito durante a consulta?

Como em toda consulta, algumas perguntas são feitas, como se o controle de pulgas e carrapatos está em dia, como está a alimentação do animal (frequência, quantidade e o que come), como estão as fezes e a urina, além do principal, em caso de presença de caroços no corpo do bicho: há quanto tempo existe o caroço, qual era o tamanho dele quando você percebeu, se cresceu desde que percebeu a presença dele e em quanto tempo cresceu até o tamanho atual.

Depois disso, o médico veterinário dermatologista verificará como estão a pele e o pelo do animal. Voltando aos caroços, ele apalpará a região do nódulo para sentir a textura, se ele está aderido à musculatura ou glândula e se está “solto”, ou seja, se está apenas na pele.

Existem alguns exames a serem feitos de acordo com a textura e aderência do nódulo:

  • PAFF: A Punção Aspirativa por Agulha Fina é um tipo de aspiração do conteúdo do nódulo, que será analisado pelo próprio dermatologista ou pelo histopatologista veterinário.
  • Biópsia: Em alguns casos, uma biópsia é indicada. Ela consiste na retirada total ou parcial do nódulo, que passa por análise do histopatologista para verificar se há células cancerígenas ou não e se essas células cancerígenas são malignas ou não. É de extrema importância que o material coletado na biópsia seja mandado para a histopatologia mesmo que o nódulo já tenha sido totalmente retirado.

O tratamento vai de acordo com o resultado da análise do conteúdo do nódulo, que pode ser, entre outras coisas, apenas gordura (lipoma), que uma dieta e exercícios podem ajudar a reduzir o tamanho. A cirurgia para retirada do caroço em si, com uma boa margem de segurança, pode já resolver o problema — ou até mesmo uma criocirurgia, que é uma cirurgia com o uso de nitrogênio muito utilizada em patologias de face. Dependendo do caso, pode ser necessário a quimioterapia, que pode vir combinada com uma cirurgia ou não.

É bom ter em mente que para todo procedimento cirúrgico são pedidos exames pré-operatórios, que geralmente são compostos de hemograma + bioquímica (função renal + função hepática), radiografia e, se o animal tiver alguma doença crônica, alguns outros exames menos comuns.

Independentemente do problema, sempre siga à risca as recomendações do médico veterinário, ele saberá exatamente como proceder para livrar seu melhor amigo de qualquer doença e dos sintomas que o incomodam.

dog with a beauty mask
Crédito foto: Shutterstock.com
Anúncios

0 comentário em “Quando levar meu animal a uma consulta dermatológica?

%d blogueiros gostam disto: