Anúncios
Comportamento

O que é preciso saber antes de adotar ou comprar um cachorrinho?

Para responder às muitas dúvidas sobre raças de cachorros, o Zolina começa com esta matéria a publicar informações que nem todos sabem, mas que podem fazer toda diferença na hora de escolher seu melhor amigo. Confira!

Vários cachorros
Crédito da foto: bigstockphoto.com

A primeira coisa que vem à nossa cabeça ao decidirmos ter um amigo canino é que raça escolher. E a dúvida é altamente compreensível, já que elas são mais de trezentas! Além disso, cada uma dessas centenas de raças possui particularidades que podem tornar sua vida com um cão um paraíso… ou não!

Para clarear seus pensamentos e te ajudar nessa difícil decisão, reunimos algumas informações nesta matéria para você entender a relação que a raça tem com o comportamento, saúde e temperamento do futuro membro da família.

O que é raça?

Raça é uma das formas pelas quais a biologia classifica os seres vivos. A palavra vem do latim ratio, que quer dizer categoria. Segundo o Dicionário Michaelis, sobre os animais, raça significa “cada um dos grupos de algumas espécies animais, cujos caracteres físicos que os diferenciam se mantêm ao longo de diversas gerações”. Em outras palavras, podemos definir raça como grupos de animais que compartilham características físicas, psicológicas e comportamentais.

Com os cachorros, muitas das raças que conhecemos hoje foram desenvolvidas e criadas pelo homem, baseado em sua vida e necessidades diárias. Do início dos tempos para cá, muitas das funções que o cães costumavam desempenhar deixaram de ser utilizadas, mas as características que tornavam cada raça especialista naquele trabalho perduram.

A raça define como será meu cachorro?

Não, esqueça essa ideia. Muitos são os fatores que definem como será o seu animal. Assim como as pessoas, cada cão é um ser individual e possui traços próprios de personalidade, habilidades e interesses. Por isso, é importante saber que seu cachorro, antes de tudo, é um cachorro, e terá comportamentos adequados à essa espécie. As raças apenas dão certa noção de que características serão mais presentes em seu melhor amigo. E quanto mais pura for a raça do animal, mais chances se tem de acertar sobre essas características.

Uma vida tranquila com um cachorro é quando suas necessidades e as dele se completam, formando-se uma relação de benefício mútuo. Então, por exemplo, se sua família é mais ativa e gosta de programas ao ar livre, as raças mais indicadas são as dos Grupos dos Esportistas e Pastores. Se você deseja um cão para cuidar da casa, os Terriers, Hounds e Trabalhadores podem ser os ideais. Se a ideia é dar um amigo canino para seus filhos pequenos, comece pesquisando as raças do Grupo dos Toys.

Mas que grupos são esses?

 Para facilitar a identificação dos cachorros e consequentemente a sua vida na hora de escolher que filhote adotar ou comprar, baseadas em seus traços mais marcantes, as raças de cães foram subdivididas em categorias mais gerais. E saber sobre as características principais de cada raça é importante para que você, ao decidir ter um cachorro, escolha aquele que atenderá mais as necessidades da sua família. No Brasil, segundo a CBKC  (Confederação Brasileira de Cinofilia), elas são 11:

  • Grupo 1 (pastores e boiadeiros);
  • Grupo 2 (pinschers, schnauzers e molossóides);
  • Grupo 3 (terriers), Grupo 4 (dachshunds);
  • Grupo 5 (spitz e cães primitivos);
  • Grupo 6 (farejadores e raças assemelhadas);
  • Grupo 7 (apontadores);
  • Grupo 8 (retrievers, levantadores e cães d’água);
  • Grupo 9 (cães de companhia e toys);
  • Grupo 10 (galgos);
  • Grupo 11 (raças com registro provisório).

 

Já o AKC  (American Kennel Club) divide os cães de raça em 7 categorias:

  • Grupo dos Esportistas;
  • Grupo dos Hounds;
  • Grupo dos Trabalhadores;
  • Grupo dos Pastores;
  • Grupo dos Terriers;
  • Grupo dos Toys;
  • Grupo dos Não-esportistas.

 

Anúncios

0 comentário em “O que é preciso saber antes de adotar ou comprar um cachorrinho?

%d blogueiros gostam disto: