Anúncios
Guia de raças

Whippet: O que é preciso saber sobre esses cães peculiares e cheios de energia

Conheça as principais características dos cãezinhos Whippet e quais os cuidados básicos para que eles tenham uma vida boa e alegre muito a sua casa!

cão-da-raca-whippet

Você deve se lembrar de muitas cenas de filmes e desenhos animados em que cães altos e bem magros correm atrás de coelhos enquanto uma multidão torce em arenas de corrida. Esses cães são, entre outras raças, os Whippet. Com sua origem incerta, acredita-se que esses cachorros vieram do cruzamento entre Galgos (Piccolo Levriere) de tamanhos variados, lá na Inglaterra. No entanto, a velocidade e a força da raça faz com que criadores acreditem que houve cruzamentos também com alguns Terriers.

Pois é, não pense que por serem magros e de ossos finos que esses cães são desprovidos de força. Eles foram desenvolvidos para encontrar e carregar caça em épocas e lugares em que a oferta de alimentos era escassa.

Então se está na dúvida se deve ou não ter um gracioso Whippet em casa, não deixe de ler esta matéria, cheia de informações preciosas sobre esses animais elegantes!

 

O temperamento do Whippet

Estes são cães de temperamento muito amável, conhecidos por serem dóceis e muito fáceis de socializar com outros animais e pessoas — menos com os pobres coelhos perseguidos nas tais corridas que falamos acima!

Apesar de seu nível elevado de energia, com disposição para longos períodos de brincadeiras e exercícios, esses cachorros são bastante calmos quando estão em casa, além de serem muito devotados aos membros de sua família. Eles são especialmente carinhosos com as crianças, sempre pacientes e dispostos a ter momentos de pura diversão.

Além disso, essa raça tende a ser muito obediente — talvez a mais obediente dentre os cães de caça.

A saúde do Whippet

De uma forma geral, os cães Whippet têm boa saúde, com poucas doenças recorrentes e típicas da raça. Sendo tomados todos os cuidados comuns a qualquer cachorro, tais como vacinas, checkups periódicos etc., a probabilidade de o cão apresentar alguma complicação grave de saúde é bastante reduzida.

No entanto, um aspecto que merece atenção é a alimentação do cachorro. Apesar de serem bem magros, esses animais podem ter problemas com obesidade, o que sobrecarrega os membros finos. Além de cuidar da alimentação do seu Whippet, exercícios que desenvolvem e definem sua musculatura são bem-vindos, já que, entre outras coisas, podem evitar fraturas nos ossos finos das patas.

De qualquer forma, dê uma olhada na seção a seguir para saber como cuidar melhor de seu cãozinho dessa raça.

Cuidados necessários com Whippets

Por terem pelos curtos, esses animais não exigem alguns cuidados como escovação periódica. Essa característica também é uma vantagem no quesito “odores caninos”, ou seja, eles não tendem a exalar cheiros característicos de raças com pelagem mais longa e abundante.

Por serem cães com pouca massa e gordura corporal, eles precisam de uma cama bem quente, macia e aconchegante, onde possam se esquentar e tirar seus longos cochilos. Roupinhas próprias para eles em dias mais frios ou ao longo do inverno também servem para deixar o cão aquecido e confortável. Pela mesma razão, esses cães não devem ser criados em varandas, quintais e áreas externas, em que ficam por longos períodos expostos a variadas condições climáticas. Mas não se preocupe: eles são bem quietinhos e pouco barulhentos quando estão em casa.

Outra característica que merece atenção é a de que eles precisam de exercícios diários, com passeios de tempo moderado, em que sejam capazes de correr e botar em prática seu instinto caçador.

Resumindo, esses peludos não dão muito trabalho e amam estar na companhia de seus donos. São cãezinhos ideais para lares com crianças, já que se dão muito bem com os pequenos. E o melhor de tudo é que você terá poucas preocupações com a saúde de seu melhor amigo ao longo da vida.

Anúncios

0 comentário em “Whippet: O que é preciso saber sobre esses cães peculiares e cheios de energia

%d blogueiros gostam disto: