Anúncios
Curiosidades

6 mitos sobre os gatos

Gato preto dá azar, gatos não gostam de água e não se apegam aos donos. Você certamente já ouviu essas frases em algum lugar. Por muito tempo os gatos foram injustiçados com diferentes mitos espalhados sobre eles. Aqui no Zolina, nos vamos desmistificar todas essas historias e acabar de vez com a má fama dos gatinhos.

gato-preto-deitado-no-chão

Desde que a sociedade humana surgiu, os gatos estão presentes na nossa cultura. Quem nunca ouviu falar que gato tem 7 vidas, que ele sempre cai de pé ou até que eles dão azar? Todo mundo conhece algum mito sobre esses felinos. Mas nós do Zolina estamos aqui para desmistificar tudo e entender melhor a verdade sobre as histórias que nos contam sobre os gatos.

1 – Gatos tem 7 vidas: Esse mito surgiu há muito tempo, começando com os egípcios e seguiu pela idade média em diante. Em algumas regiões norte-americanas o mito é de nove vidas. Devido a seu corpo flexível e fortemente articulado, os gatos conseguem passar por locais estreitos com facilidade, têm menos impacto quando atingidos e devido ao seu sistema nervoso sensível à variação de pressão, ele costuma se virar instintivamente e cair em pé. Claro que isso não é uma regra, é preciso pelo menos 60 centímetros de altura para ele completar o giro. Portanto acreditava-se que eles sempre sobreviviam à queda de locais altos. Mas não é assim! Ele tem só 1 vida e precisa ser bem aproveitada.

2- Gatos não gostam de água: Isso é uma meia verdade, pois depende muito da raça. Mas sim, a grande maioria não gosta muito de banho, por isso se higienizam usando sua língua. Mas o gato doméstico, principalmente filhote, costuma achar água encanada fascinante e não tem medo de brincar com ela. Uma curiosidade legal é que os gatos da raça Turkish Van costumam não ter medo de água e nada molhado, e até chegou a ser apelidada de “Gato Nadador”.

3 – Gato preto dá azar: Esse mito além de incoerente, também acaba por ser um grande responsável pela má fama dos gatos na História. Surgiu na idade média, na época da inquisição e caça às bruxas. Os gatos pretos costumavam, de acordo com as lendas, acompanhar as bruxas, servindo como ajudante, ouvindo os segredos das pessoas ou fazendo uma ponte de comunicação entre as bruxas e os demônios. Claro que isso tudo é mentira! Surgiu com um boato, foi se espalhando e sendo usado contra os pobres felinos que só estavam vivendo suas vidas.

4 – Gatos são interesseiros e/ou indiferentes: Mentira! Os gatos costumam demonstrar um tipo mais delicado de carinho. Eles costumam ficar mais apegados a uma pessoa na casa e está sempre próximo a ela. Não necessariamente junto dela, mas normalmente no mesmo ambiente. Costumam se apegar ao território, mas sabem bem quem são seus donos. E não importa se você se mudar, eles vão se adaptar ao novo lar pois o que importa mesmo é quem mora lá e não o lugar. E uma coisa muito importante: eles só permanecem em uma casa se realmente gostam do seu dono e costumam escolher seu local de dormir, próximo a pessoa com a qual se apegou. Ou seja, são uns fofos!

5 – Gatos são preguiçosos e dormem demais: Sim e não… A questão do felino dorminhoco vem com uma reminiscência ancestral dos gatos de poupar suas energias para caçar ao entardecer ou ao amanhecer. Porém o gato doméstico não precisa disso, portanto passa o seu dia tirando curtos cochilos, que se somados vão de 12 a 16 horas por dia. Mas ele não é o animal mais “preguiçoso”. No ranking feito pela Universidade de Washington, nos Estados Unidos, o gato doméstico aparece somente em 18º na lista dos animais “dorminhocos”.

6 – Gatos e grávidas não devem conviver: Você não precisa se desfazer do seu gato quando engravidar. A história de que mulheres grávidas não devem encostar em gatos por risco de toxoplasmose precisa ser revista. É verdade que essa doença é grave para as mamães e que os gatos podem se contaminar com o toxoplasma. Porém gatos de apartamento que só comem rações especificas tem probabilidade muito baixa de serem infeccionados. Portanto, se você estiver gravida ou planejando uma gravidez, não se desfaça do seu gato, converse com seu médico veterinário para testá-lo  para toxoplasmose, assim, você irá tirar a dúvida se ele tem ou não a doença e poderá tratar o bichinho e tomar as precauções necessárias. Ao invés da família diminuir ela só irá aumentar!

Anúncios

0 comentário em “6 mitos sobre os gatos

%d blogueiros gostam disto: