Anúncios
Comportamento

Como conter os pulos de seu peludo

Para evitar que seu cão pule a todo o tempo, tornando a hora do passeio um grande desafio, siga as dicas que o Zolina separou para você!

É bem comum percebermos donos de cachorros reclamando dos pulos de seus peludos. E esse fato se intensifica quando bate aquela vergonha dos saltos que eles dão sobre as visitas — principalmente aquelas que não tem tanta intimidade com cães. Pois saiba que somos nós mesmos que estimulamos o hábito de pular, e isso começa quando eles ainda são filhotes.  Quando, ao não aguentarmos toda aquela fofura, pegamos os pequenos no colo ao primeiro sinal de euforia, estamos estimulando esse comportamento. Quando eles pulam em cima de nós e respondemos com carinho, estamos promovendo ainda mais pulos. Isso tudo somado com a felicidade, a imaturidade e um pouco de ansiedade em encontrar alguém, receber um carinho ou brincar um pouco passa a mensagem de que subir nas pessoas é o correto .

A informação que tenho para te tranquilizar é a de que o caminho para controlar essa afobação é fácil, apesar de exigir força de vontade. Para início de conversa, o principal para obter bons resultados com seu pet é esperar que ele  esteja realmente calmo para, só então, falar com ele. E essa é uma medida eficaz para quando vocês estiverem em casa ou para desacelerar o cãozinho durante os passeios na rua. Só não esqueça de que a rua representa um desafio com um nível maior de dificuldade, pois há muito mais distrações — barulhos, cheiros, outros animais e pessoas.

Ah, e por falar em pessoas, é bom ressaltar um ponto importantíssimo: quando você fala para alguém que o cão está sendo educado para que não pule nas pessoas e ouve como resposta “não tem problema, eu adoro!”, lembre-se de isso significa, sim, um problema. Esta pessoa específica pode até gostar dos saltos animados dos cães, mas a próxima pode se incomodar. Então só permita que a pessoa fale com o seu filhote se ele estiver com as quatro patas no chão! Parece impossível? Saiba que não é, basta seguir este passo a passo para ter um passeio mais tranquilo:

> A escolha da coleira é importante para que você se certifique de ter pleno controle sobre o cão durante o passeio. Por isso, evite as coleiras peitorais neste momento, elas servem para tração, o que não favorece o controle necessário. As mais indicadas para esse fim são, a Gentle Leader e a Easy Walk.

> Se ele usa a (aquelas coleiras comuns, que ficam em torno do pescoço e tem uma plaquinha com os dados do animal), mantenha a sua mão por dentro da coleira com a palma voltada para baixo, na parte ventral do pescoço dele. Dessa forma, obrigatoriamente ele será mantido com as quatro patas no chão.

> Os comandos senta/deita funcionam muito bem, mas eles já têm que ser comuns e vastamente utilizados em situações mais light para que o cão os atenda em momentos de excitação, seja ao te receber em casa, seja quando alguém se aproxima de vocês na rua.

> Na rua, é interessante ignorar e passar direto por contextos em que o cão é naturalmente estimulado a pular. Exemplo: se você sabe que ele pula em pessoas de blusa amarela, ao ser exposto a essa situação, siga seu caminho como se nada estivesse acontecendo. Para isso, incentive o animal a continuar andando, mantendo a guia curta o suficiente para impedir que ele pule. Mas entenda: guia curta não significa guia tensa, por isso, mantenha-a relaxada, dando ao cão a chance de mostrar a você que tem a capacidade de acertar.

> Nunca, nunca esqueça dos elogios. Para isso, saia sempre com petiscos. Caso seu cão fique excitado com elogios muito efusivos, segure um pouco a onda na hora da comemoração, mas não deixe de elogiá-lo. Busque sempre reagir de modo a não tirar o animal do foco, preocupe-se em fazê-lo abanar a cauda.

Como você viu, as dicas são bem simples, mas podem fazer toda a diferença na hora de sair com seu peludo. Seguindo todas elas, você terá bons momentos com ele, sem estresse para nenhuma das partes.

 

Anúncios

0 comentário em “Como conter os pulos de seu peludo

%d blogueiros gostam disto: