Anúncios
Saúde e alimentação

Devo castrar meu gato macho?

A castração de gatos machos traz uma série de benefícios ao animal e a você, dono. Se está na dúvida entre esterilizar ou não seu bichano, confira algumas das vantagens de realizar o procedimento.

Muitos médicos veterinários, ONGs e instituições têm estimulado cada vez mais a esterilização de animais por uma série de motivos que vão desde o controle do número de gatos e cães abandonados nas cidades até a promoção de benefícios na saúde e qualidade de vida desses indivíduos.

Nesta matéria, focaremos as vantagens de esterilizar seu gato macho, medida que pode deixar seu bichano, entre outras coisas, mais seguro.

Como é a castração de um gato macho?

Em geral, as cirurgias de castração são procedimentos simples, e é comum nem existir a necessidade de pontos no local, já que o corte é bem pequeno — o que não significa que não exista a necessidade de cuidados no período pós-cirúrgico. Mesmo assim, alguns donos de gatos se assustam por conta da necessidade de anestesia geral e por se tratar da extração de órgãos do animal.

No caso dos machos, o procedimento é um pouco mais simples. Neles é realizada a retirada dos testículos do animal, que é onde os espermatozoides são produzidos. Portanto, o animal passa a ser infértil, não sendo mais capaz de reproduzir.

Se tudo correr bem, o gato sai do hospital veterinário ou clínica no mesmo dia da cirurgia, e seu pós-operatório tende a ser bastante tranquilo. Você precisará apenas dar os medicamentos indicados pelo médico veterinário nos horários determinados e deixar seu gatinho com uma roupa feita especialmente para animais recém-operados ou um colar Elizabetano (aquele cone de pescoço) — existem uns acolchoados que dão mais conforto ao seu gatinho.

Quais são os benefícios de castrar um gato macho — para ele e para o dono?

A castração traz algumas vantagens para o gato macho e para seu dono, entre elas:

Sua casa agradece. A esterilização evita alguns comportamentos típicos dos machos, como a marcação de território através do xixi e a necessidade de afiar as unhas arranhando móveis, sapatos e outros objetos. Portanto, sua casa — e de seu bichano — ficará mais cheirosa e… inteira! Vale dizer que se seu gato já for acostumado a fazer xixi em alguns cantos, ele pode não perder o hábito apenas com a castração.

Seguro morreu de velho. Gatos não castrados costumam percorrer grandes distâncias em busca de fêmeas no cio com quem possam cruzar. E não precisamos nem falar que isso traz grandes riscos à saúde de seu gato, já que ele fica mais exposto a perigos como doenças, carros, outros animais e, infelizmente, pessoas.

Saúde é o que interessa, o resto não tem pressa! Muitos estudos apontam que gatos machos que foram esterilizados apresentam menos chances de desenvolver alguns tipos de câncer, principalmente os nos órgãos reprodutores. O procedimento também ajuda a prevenir algumas infecções no trato urinário e reduzir o risco de contração de Felv e esporotricose, já que não brigam com outros gatos nas ruas.

Fofura em “pessoa”. A esterilização tem como característica deixar seu gato macho mais dócil e tranquilo, passando a conviver melhor com humanos e outros animais. Suas variações metabólicas causadas pelos hormônios também sofrem redução, fazendo com o animal fique menos agitado e mais dorminhoco. Mas fique tranquilo: a personalidade de seu bichano não mudará, ele apenas ficará mais calmo por não ter que pensar em namorar todas as gatinhas da vizinhança.

Vida longa ao rei. Por todas as mudanças físicas e comportamentais citadas acima, gatos castrados tendem a estender seu tempo de vida em relação àqueles não castrados. Primeiro porque, após o procedimento cirúrgico, eles passam a se aventurar menos, se expondo a menores riscos. E quando o assunto é um gato acostumado a sair de casa, isso pode significar muito na vida dele. Segundo porque essa cirurgia previne doenças e problemas de saúde que podem comprometer a saúde de seu animal, principalmente quando mais velho.

A castração de gatos machos apresenta muitas vantagens para o animal, para sua casa e para você. Ela pode ser feita a partir dos 4 meses de vida do seu bichano e vai, entre outras coisas, evitar que você vire um vovô precocemente ou que seu “filho” deixe seus netos abandonados pela vizinhança. O custo da cirurgia tem caído cada vez mais e trata-se de um procedimento seguro, quando feito por um profissional capacitado. Você também pode contar com planos de saúde para animais, que têm ganhado popularidade. Em muitas localidades é possível castrar animais gratuitamente, então para saber mais sobre isso, entre em contato com o Centro de Controle de Zoonoses da sua cidade.

gato-preto-deitado-com-cone-no-pescoço

Anúncios

0 comentário em “Devo castrar meu gato macho?

%d blogueiros gostam disto: