Anúncios
Guia de raças

Rottweiler: Um grandalhão com instinto protetor e muito leal

Grandes, fortes e robustos, os Rottweilers podem meter medo em quem não os conhece direito. Eles podem ser muito dóceis, leais e bastante protetores com seus donos. Conheça mais sobre o temperamento e os cuidados que se deve ter com essa raça.

Um cão grande, robusto e com um senso de proteção que faz jus à sua aparência. Este cão de pelagem curta, preta e marrom e aspecto grande e assustador, ao contrário do que podemos pensar, é uma das raças mais protetoras entre os cães — e, por isso, uma das mais populares do Brasil! Aprenda mais, nesta matéria, sobre esses grandalhões de coração puro e amoroso: os Rottweilers!

De origem alemã, eles eram usados como cães de pastoreio

Historicamente falando, o Rottweiler é um cachorro de boa índole, que era usado como cão pastor durante a Idade Média.  Seus ancestrais vêm, provavelmente, da Roma Antiga, mas os exemplares da raça, atualmente, são bem diferentes do que costumavam ser naquela época. No entanto, desconfia-se que foi provavelmente na Alemanha que eles começaram adquirir o perfil que têm hoje.

Quase extintos durante o século XIX, eles foram se espalhando em fama e em quantidade pelo mundo devido à sua utilização como cão policial durante a Primeira Guerra Mundial.

Apesar da aparência e tamanho, esta raça é muito tranquila quando bem criada

Essa raça pode ser um pouco dúbia quanto a seu temperamento. Por um lado, é um cão muito divertido e bagunceiro (muitas vezes até bobão), que se apega poderosamente a seu território e a quem mora nele. Porém, tem um lado dele que é muito sério que pode causar problemas, dependendo da sua criação. Devido a sua herança evolutiva da época do pastoreio e da sua utilização como cão de guarda, ele mantém um lado bem agressivo com quem se arrisca a invadir sua morada. Mas se for bem adestrado, vai se tornar um animal muito feliz, companheiro e brincalhão tanto com seus donos quanto com suas visitas.

Um cão robusto que precisa de muita atividade física

Este pet é caracterizado pela sua formação corporal robusta. Um animal muito poderoso e atlético, que tem mandíbulas fortes e precisa se exercitar frequentemente. Não é difícil de se cuidar e manter uma manutenção de sua saúde e higiene, pois é um animal muito obediente. Esta raça tem tendência à obesidade e displasia tanto de cotovelo quanto a coxofemoral, por isso fique de olho na hora de escolher seu filhote — os sinais de displasia são perceptíveis desde a infância do peludo. Mas não se preocupe de forma exagerada, algumas medidas podem ajudar a prevenir essas doenças: nada de pisos lisos em casa ou qualquer um que não dê a estabilidade de que seu animal precisa para se locomover, e mais cuidado ainda com a alimentação, evitando sobrepeso e, consequentemente, sobrecarga em suas articulações! Devido a sua pelagem curta, banhos esporádicos e escovações regulares são o suficiente para manter sua higiene.

O Rottweiler tem temperamento atencioso e obediente, além de ser muito inteligente e muito focado. E a boa notícia é que essas características são potencializadas se seu amigo for treinado desde pequeno. É o tipo de cão que não gosta de ficar sozinho e precisa de constante carinho e atenção dos donos. Por ser um cão extremamente forte, precisa de um adestramento cuidadoso e cheio de amor. Esportes como o IPO e Schutzhund são modalidades que ensinam obediência para cães de guarda e são excelentes para esses grandalhões, já que podem trazer segurança para você e equilíbrio mental para ele.

Nada de gritar com ele e principalmente agredi-lo fisicamente, pois a confiança do cão em você é essencial para um animal adulto sociável e controlável. Lembre-se: medo e agressividade podem sempre se virar contra você.

Se socializado com vários animais desde filhote, as chances dele se tornar um cão com problemas de convivência serão bastante reduzidas.

Rottweiler-descansando

Anúncios

0 comentário em “Rottweiler: Um grandalhão com instinto protetor e muito leal

%d blogueiros gostam disto: