Anúncios
Saúde e alimentação

Como tirar um carrapato de seu cachorro

Extrair carrapatos é uma tarefa nada agradável, mas que pode ser necessária. Para que você realmente ajude seu cãozinho infestado sem piorar a situação, siga as dicas do Zolina para tirar esses parasitas da forma correta.

Carrapatos são insetos que podem chegar até seu cão de várias formas, todas relacionadas ao ambiente em que ele vive ou frequenta. Na maior parte das vezes, os animais entram em contato com os insetos através de locais infestados ou na natureza, já que eles não passam diretamente de um animal para outro. E esses parasitas podem causar muitos problemas ao seu melhor amigo, desde coceiras constantes até a morte.

O melhor de tudo é manter seu animal longe dos carrapatos, e isso pode ser feito de diversas maneiras. Manter a desparasitação em dia é uma delas, e ela pode ser feita com comprimidos, sprays, pipetas líquidas ou em pó, coleiras e banhos com produtos específicos. Se mesmo assim seu animal for infestado, talvez seja necessário que você extraia alguns (ou muitos) carrapatos do seu cão para, pelo menos, aliviar sua coceira — além do fato de a maior parte dos produtos não tornar a extração mais fácil. Então dê uma olhada nas dicas que damos para você ter sucesso nesta tarefa não muito agradável.

Para início de conversa, não indicamos que você passe nenhum produto sobre o carrapato na esperança dele se soltar com mais facilidade. Saiba que essa medida pode fazer com que o inseto solte uma substância junto com sua saliva que fará com que ele fique ainda mais preso.

Não tente extrair o carrapato pegando-o pelo corpo. Acredite, estourar um carrapato não é o que você quer, pois ele pode acabar saindo pela metade, deixando a boca ainda presa dentro da pele do seu cão, aumentando risco de inflamação e infecção. Além disso, se o inseto estiver prestes a colocar ovos, você pode acabar espalhando esses novos carrapatinhos nos pelos de seu melhor amigo, aumentando a infestação.

Retire carrapatos utilizando as mãos (com luvas cirúrgicas) ou uma pinça própria para isso (elas existem e são facilmente encontradas). Essas pinças não têm superfícies de corte, como tantas outras, reduzindo os riscos de “quebrar” carrapatos, deixando partes presas ao corpo do cachorro.

Tanto com as mãos quanto com a pinça, segure e pressione sempre o mais próximo da pele do cão quanto possível. Você perceberá que ao ter sua cabeça pressionada, mesmo que demore um pouco, o carrapato se soltará da pele do seu cãozinho mais facilmente. Para ter sucesso na missão, segure o carrapato pelo corpo e gire-o em torno de si constantemente até que ele se solte sozinho — mas não puxe enquanto roda o inseto.

Após retirar o carrapato inteiro, limpe a pele do seu amigo com algodão e álcool.

Nunca esprema carrapatos entre seus dedos ou jogue-os na lata de lixo ou vaso sanitário. Ao espremer, você pode espalhar ovos pelo ambiente e causar uma grande infestação no ambiente. Ao deixar os bichos vivos no lixo, o risco de infestação também é bem grande.

E não se iluda que o carrapato morrerá ao ser jogado na água. Ele apenas parará em algum outro lugar, prejudicando outro animal. O mais indicado é jogar o carrapato em um recipiente com álcool e que possa ser tampado. Assim ele morrerá. Outro argumento importante para que você não esprema o bicho com suas próprias mãos é que você pode contrair Rickétiisia, outra bactéria também transmitida pelo carrapato e que pode entrar em seu organismo através dos poros das suas unhas.

carrapato-pinça

Anúncios

1 comentário em “Como tirar um carrapato de seu cachorro

%d blogueiros gostam disto: