Anúncios
Comportamento

A importância da placa de identificação para o seu pet

Um dos maiores medos de quem tem um amigão de quatro patas é que ele se perca, não é verdade? Pode ser porque a coleira arrebentou e ele saiu correndo, ou foi atrás de uma fêmea no cio. E é exatamente por esse motivo que as plaquinhas de identificação se tornam superimportantes. Saiba como usá-las, quais são seus benefícios e o motivo de eles darem aquela “fugidinha” aqui, no Zolina!

Um dos maiores medos de quem tem um amigão de quatro patas é que ele se perca, não é verdade? Pode ser porque a coleira arrebentou e ele saiu correndo, ou foi atrás de uma fêmea no cio, por terem esquecido o portão aberto ou simplesmente por ele ter curiosidade de conhecer outros territórios. São inúmeros os motivos que podem fazer com que um animal se perca.

E é exatamente por esse motivo que as plaquinhas de identificação, sejam elas em formato de ossinho, coração, redondas e até de casinhas, se tornam superimportantes.  Saiba como usá-las, quais são seus benefícios e o motivo de eles darem aquela “fugidinha” aqui, no Zolina!

Por que um animal de estimação foge?

Calma! Um animalzinho não foge de casa porque não ama seus donos. Normalmente, um pet foge por questões naturais. Eles não costumam guardar rancor, mágoa e tampouco ficam chateados com você.

Existem inúmeros motivos pelos quais cães e gatos fogem. Abaixo, iremos relacionar alguns motivos:

– A fêmea pode estar no cio e pode querer ir atrás de um parceiro para cruzar, ou o macho sente o cheiro de uma fêmea no cio pela vizinhança e vai atrás dela também para cruzar;

– O instinto de caça é muito forte! Gatos, por exemplo, são fissurados em querer conhecer e controlar seu território. Fora da casa existe uma área de circulação maior;

– A família se mudou para um novo endereço e o pet foi recém-introduzido a um novo território e fiquem atentos, pois isso acontece principalmente com os gatos para isso é preciso adequar o seu pet com técnicas de adaptação ao novo ambiente;

– O medo de trovão, fogos, ou qualquer barulho que eles não estejam acostumados, também é um grande motivo para que eles saiam por aí sem destino; Confira aqui a matéria que falamos um pouco sobre esse assunto!

– Mesmo sem que o dono saiba, há também uma possibilidade de o peludo ou o felino estar sofrendo maus-tratos por alguém que frequenta a casa;

– O animal pode estar sem alimento durante muitos dias e sai em busca de comida.

Dicas importantes sobre a plaquinha de identificação

Quando olhamos um pet com coleira na rua, a primeira coisa que pensamos é: “tem dono!”. Mas é fundamental que, para além do objeto, exista alguma forma de mostrar que aquele cão ou gato tem dono e quem é esse dono.

Uma placa de identificação só precisa ter um nome e um telefone para cumprir seu papel principal: levar seu pet de volta para você. E claro, é importante que esteja em perfeitas condições de leitura, com os telefones atualizados e, de preferência, bem presa à coleira.

Sempre que puder verifique as condições da plaquinha: o número está legível? Não tem perigo de quebrar? O fecho ou argola estão bem firmes para ela não sair da coleira?

Mais uma dica importante é na hora de viajar. Se você, dono, tem esse costume e o seu celular fica constantemente sem sinal, é preciso que você considere a ideia de colocar o telefone de um parente.

Não é toda placa de identificação para cães que traz informações completas, por isso, se o seu mascote possui alguma condição de saúde que exija atenção, você pode colocar esse dado na placa também. Por exemplo: Mike – cardíaco; Xuxa – diabética.

Dica Zolina >> Existe no Facebook um grupo de voluntários chamado ALF (Grupo de voluntários para procura de animais) o qual foi fundando única e exclusivamente para animais perdidos. Se você está procurando um animal perdido ou se achar algum pode usar este grupo para facilitar o encontro e levar o animal de volta ao lar mais rapidamente. 😉

Anúncios

0 comentário em “A importância da placa de identificação para o seu pet

%d blogueiros gostam disto: