Anúncios
Guia de raças

American Pit Bull Terrier: o famoso Pit Bull

Venha conhecer um pouco mais da raça Pit Bull aqui no Zolina!

O American Pit Bull Terrier mundialmente conhecido por Pit Bull teve sua origem em meados do século XIX nos Estados Unidos da América. O resultado da raça foi decorrente de experimentos de cruzamento entre Buldogues e Terries, por criadores da Inglaterra, Irlanda e Escócia, que procuravam reunir o espírito esportivo do Terrier com a resistência e atletismo do Buldogue.

O resultado dessas cruzas foi um cão que reunia em um só as principais características e virtudes dessas duas raças, ou seja, um cão com uma enorme resistência, força, coragem indomável e gentileza.

Em meados do século XIX, imigrantes europeus levaram essas cruzas para os Estados Unidos da América e a raça foi oficialmente reconhecida no ano de 1898 pelo United Kennel Club (UKC), pois seu registro havia sido negado pelo American Kennel Club.  O registro número 1 do Clube UKC foi feito para o Bennett´s Ring, o American Pit Bull Terrier, que pertencia ao fundador do clube, Chauncey Zacaria Bennett.

Os talentos do Pit Bull não passaram despercebidos pelos fazendeiros e rancheiros que os utilizavam para proteção, na captura do gado semisselvagem e de porcos, como ajudante nas caçadas, cães pastores e como companhia para suas famílias. Há alguns que aproveitavam de toda essa força e resistência também para práticas de rinhas, o que é totalmente ilegal.

Atualmente, o American Pit Bull Terrier continua demonstrando sua versatilidade, participando com sucesso em campeonatos de Obediência, Faro, Agility, Proteção e Tração, bem como de conformação.

Características físicas dos cães da raça Pit Bull

O pit bull é considerado um cão de porte médio, podendo ter de 46 a 56cm. O macho pesa em torno de 15,87kg e 27,21kg, enquanto as fêmeas estão entre 13,60kg e 22,67kg.  Seus pelos devem ser lisos, brilhante, bem assentados ao corpo e moderadamente ásperos ao toque. Já na sua pelagem, são aceitos todos os padrões de cores, exceto merle.  Também conhecidos por sua força, os Pit Bulls apresentam uma estrutura óssea e muscular muito desenvolvida, com pescoço curto e grosso. Além de um corpo robusto, os cães da raça possuem mandíbulas que permitem mordidas com muita força. Os membros anteriores são fortes e musculosos. Outro músculo que merece destaque neste animal é o masseter (músculo da mastigação), pois são bem definidos e desenvolvidos.

Temperamento do Pit Bull

O cão é bastante forte, ágil, dotado de energia e destreza. Como todas as raças, eles precisam ser respeitados e educados com carinho e dedicação. Costumam ser muito focados, mas nem por isso são fáceis de adestrar.

Portanto, o adestramento na fase adulta pode se tornar cansativo. É importante que esse processo seja feito o mais cedo possível, podendo começar com períodos curtos, que mais tarde podem se prolongar. Três minutos já é o bastante para um pit filhote. Então, tempo não é desculpa! Usar a própria ração e até brinquedos do animal (link da matéria de brinquedos) é super prazeroso para eles.

A socialização nesse período também é o importante, já que são pequenos e desconhecem sua força. Logo, a probabilidade de se machucarem ou machucar alguém se torna menor e eles ainda tendem a aprender, nessa fase, o limite das brincadeiras.

Treinos de forma bem equilibrada e que exija sempre o que o animal tem de melhor, é sempre uma boa opção. O proprietário também deve apresentar seu cão a outras raças, pois isso fará com que ele entenda que existe animais de diferentes formas e tamanhos, além de aprender a dividir coisas.

Os Pits também são excelentes cães de companhia. Aqueles que conhecem a raça vão falar com frequência que, em sua opinião, não existe um cão companheiro melhor do que o eles. São dóceis e farão laços com toda sua família humana, mas sempre guardará um lugar especial em seu coração àquela pessoa que ele escolhe como melhor amigo. Ele sempre estará presente para o seu dono. É uma raça extremamente leal, amante de diversão e um amigo para toda a vida.

Em resumo se o Pit Bull tiver o tratamento adequado desde o inicio de sua vida não terá problemas com agressividade e temperamento como alguns erroneamente dizem ser uma característica da raça, o que não é verdade, isso é resultado da criação e educação que teve ao longo da vida assim como qualquer outra raça!

Saúde do Pit Bull

É uma raça geralmente saudável, embora alguns sejam propensos à displasia coxofemural, cataratas hereditárias, dermatites e doença cardíaca congênita.

A raça vive bem tanto em apartamento, quanto em quintal. Porém, não esqueça que eles gostam muito de companhia, logo, brincadeiras educativas também são bem-vindas, afinal, um cachorro não vive apenas de passeios ou sozinho!

Em resumo, o American Pit Bull Terrier é o animal de estimação ideal para defender o seu lar e ter um companheiro de vida.

Anúncios

0 comentário em “American Pit Bull Terrier: o famoso Pit Bull

%d blogueiros gostam disto: