Anúncios
Saúde e alimentação

Cadela no cio: entenda mais sobre as fases desse período e como lidar com isso

Tudo o que você precisa saber sobre o período fértil de sua cadela aqui, no Zolina!

Se você é um felizardo e tem uma cadelinha e não teve a oportunidade de castrá-la antes dos seis meses de idade, é provável que você esteja prestes a enfrentar a fase de cio.

Este processo dos animais é algo parecido com a menstruação feminina, ele tem o papel de preparar a fêmea para uma gestação, a diferença é que no cio não ocorre a descamação do endométrio. O primeiro cio de uma cadela ocorre geralmente a partir do sexto mês de vida e se repete, em média, de quatro a doze meses.

Os períodos de uma cadela no cio podem variar de uma fêmea para a outra. Nas fêmeas de grande porte, por exemplo, o início geralmente demora um pouco mais. Em algumas cadelas, de porte grande ou pequeno pode até mesmo não ocorrer dependendo do seu estado de saúde e de nutrição. O cio de uma cadela se divide em algumas fases:

– Proestro: Nessa fase, se tem o período de maturação folicular e desenvolvimento uterino, ou seja, o corpo começa a se preparar para receber a fecundação. É neste momento que o hormônio estrogênio é produzido, podendo deixar a cadelas com alterações perceptíveis, como vulva inchada e sangramento. No entanto, ela ainda não está receptiva para monta (acasalamento). A cadela pode ficar agitada, e a frequência de urinar fica maior, além de lamber muito a própria vulva.

– Estro: A produção do estrogênio continua pelos folículos. Aqui, o útero prepara a camada mais externa para a fecundação e a ovulação ocorre. A fêmea, nesta fase, costuma urinar com uma patinha para cima e os machos já podem cortejá-las sem que elas fiquem agressivas. Uma cadela pode ser seguida por até 8 machos. Caso não haja interesse de nenhum macho pela fêmea, ela irá até o pretendente exibir a vulva, com a cauda levantada em frente ao focinho do macho, afim de ser cortejada. Esse período dura em torno de 5 dias. Então, para evitar filhotes, é bom ter bastante cuidado com essa fase!

– Diestro: Ocorre logo após o estro e é conhecido pelo alto nível de progesterona, que tem o papel de garantir o desenvolvimento da gestação. Ele tem duração de 60 dias. É também nesse período, que a cadela pode vir a apresentar gravidez psicologia e a pseudociese. No caso de um desses sinais, o médico veterinário precisa ser consultado.

– Anestro: Acontece apenas caso a fertilização do óvulo não aconteça, ele é o período de inatividade hormonal e ocorre durante 120 dias, até o início do próximo proestro.

Cio Silencioso

O cio silencioso não se refere a falta de cio na cadela, mas sim de alguns sinais que evidenciam este período. Nesse ciclo, a fêmea tem o sangramento, mas algumas fêmeas se lambem para limpar fazendo com que o sangramento não seja visto. Assim, acabase-se não percebendo que a fêmea entro no ciclo estral. Porém mesmo sem os indícios da fase proestro, que dura em torno de nove dias, a cadela apresenta normalidade nas demais fases.

Como lidar com a cadela no cio?

Os hormônios podem causar stress e nervoso ou tornar a cadela excessivamente animada durante o ciclo, por isso você e sua família não podem se comportar como de costume.  Seja firme em reiterar as regras estabelecidas, mas não exagere com repreensão e punições severas. O carinho e a paciência nessas ocasiões são de extrema importância.

Também é importante saber que durante o cio, a cadela tende a exalar um cheiro que só os outros cachorros sentirão, ele tem como objetivo atrair os machos, por isso é sempre bom evitar passeios ao ar livre durante este período, mas caso ela tenha que sair, a atenção precisa estar redobrada. Isso tudo para evitar que ela se machuque (e machuque os outros), reproduza e contraia DSTs.

Métodos anticoncepcionais e castração

O uso de anticoncepcional existe, no entanto é um debate que vem enfrentando muita resistência por parte dos veterinários, e isso tem um motivo muito claro: o uso de medicamentos potencializa problemas de saúde como câncer de mama, a ponto de não ser indicado quase que na totalidade dos casos. Por isso, se a sua intenção não for que a cadela procrie, a castração é a melhor saída.

Fêmeas castradas antes do primeiro cio correm muito menos riscos de saúde além de diminuir drasticamente o risco de doenças nas vias uterinas e, principalmente, do câncer de mama e útero. Porém, é muito importante que a castração não seja feita durante, ou próximo, do cio. Como o útero e a vulva estarão inflamados e cheios de sangue, realizar qualquer tipo de operação na região pode trazer muitos riscos ao animal. Qualquer médico veterinário irá pedir pelo fim do ciclo para realizar a cirurgia – a não ser que seja um caso emergencial.

Se você quer saber mais sobre a castração, confira na integra aqui nossa matéria que te dá todas as dicas sobre esse assunto!

cadela-com-os-filhotes-no-jardim
Crédito foto: Pixabay
Anúncios

0 comentário em “Cadela no cio: entenda mais sobre as fases desse período e como lidar com isso

%d blogueiros gostam disto: