Saúde e alimentação

Cuidados com os dentes do seu cachorro

Confira as dicas do Zolina sobre como e por que fazer a limpeza frequente dos dentes de seu cachorro!

Cuidar do pelo, dar uma boa alimentação, manter as vacinas em dia, dar vermífugo, dentre outros cuidados básicos, já estão na rotina dos donos de pet. Mas você tem cuidado com carinho dos dentes do seu peludo?

Estar atento ao cuidado dos dentes de seu animal é importantíssimo para que, assim como nós, eles tenham uma vida saudável e de qualidade. Para começar, é interessante saber que os filhotes de cães têm dente de leite. São 28 dentes, que serão substituídos pelos 42 dentes definitivos. Isso começa a acontecer quando o pet tem aproximadamente 3 a 4 meses de idade. Na maioria das vezes, até os sete meses de idade todos os dentes já têm sido trocados.

Mas quando posso começar a escovar os dentes do meu cão?

Quando ele ainda é filhotinho. Quanto mais cedo, mais fácil vai ficar acostumá-lo com esse procedimento. Além disso, é uma maneira de você criar mais intimidade com o peludo e de aumentar ainda mais a relação de confiança entre vocês.

Por que devo limpar os dentes do meu cachorro?

Escovar os dentes do cachorro é fundamental por vários motivos pois previne o acúmulo de placas e cálculos dentários, mais conhecidos como tártaro. Este pode levar a doenças sistêmicas como endocardites, pancreatite, atrite, abcessos e infartos pulmonares, embolização sistêmica, arritmias e insuficiência renal e até mesmo ao óbito do seu animal –  caso as bactérias entrem na corrente sanguínea e cheguem a um desses órgãos.

Segundo que melhora o hálito do animal e preserva a saúde bucal. E terceiro porque é uma oportunidade de você passar um tempo se divertindo com o seu cão, mesmo que no início ele reclame um pouquinho. Vamos as dicas?

Dica 1: escove os dentes do seu cachorro quando ele estiver calmo e relaxado. Crie uma rotina. Trabalhar a escovação diariamente é o ideal, mas se a boca estiver saudável, três vezes por semana já fazem diferença. Nas primeiras vezes deixe o seu animal lamber um pouco a pasta para tirar a curiosidade, faça como uma brincadeira, mesmo que não consiga escovar perfeitamente nas primeiras tentativas. Não esqueça que é o primeiro contato com a escova e com a pasta na boca dele, precisa ser algo prazeroso e não impositivo.

Dica 2: geralmente, as pastas de dente para cães e gatos são saborosas, e eles ficam tentando lamber, aproveite essa curiosidade e teste a disponibilidade de seu cão para ter a boca manipulada passando o dedo com o produto nas gengivas e dentes superiores. Isso vai ajudá-lo a se acostumar a ter algo contra os dentes. Use pressão leve. Depois passe para a escova, para que ele se acostume com a textura da escova de dente. Enquanto eles mordem a escova de dente, levante os lábios, mexa-a. Elogie ele sempre que ele tiver interesse em deixar a escova dentro da boca dele e manipular os lábios e a boca. Evitar as broncas no período de adaptação é muito importante, afinal essa fase de aprendizado tem que ser associada a algo legal e não uma atividade chata em que ele não irá querer fazer. Talvez você precise fazer esse passo por algumas sessões antes de ir em frente. E lembre-se, caso você não esteja com paciência de fazer no dia, é melhor não fazer e deixar para o dia seguinte.

Dica 3:  brinque com a pasta dentro da boca dele, eles farão uma cara estranha pela textura diferente que não estão acostumados, incentive eles a terem curiosidade com a pasta e a escova de dentes.

Dica 4: escove em círculos pequenos, indo aos extremos de cima e de baixo em cada lado. Mantenha a mão firme, mas leve, pois as escovas para cães não têm cerdas tão macias quanto a nossas. Na medida em que você passa as cerdas pela linha da gengiva, algum pequeno sangramento pode ocorrer. Se for um ligeiro sangramento ocasional não tem problema. Mas caso seja um sangramento contínuo e pesado pode indicar que você está escovando com muita agressividade. Vá mais devagar.

Dica 5: escove apenas alguns dentes de uma vez, aumentando o número a cada dia. Se o cão resistir no começo, tente começar pelos dentes externos e atrás dos dentes, que é onde a placa tende a se acumular. Se conseguir chegar aos dentes do fundo, ótimo. Mas se não conseguir chegar a eles, não force muito.

É importante lembrar que os cuidados dentais não terminam com a escovação. Certos mastigadores, e até guloseimas também ajudam a combater as placas. Além de soluções que podem ser diluídas diretamente no potinho de água dos animais e que ajudam no combate ao tártaro também, assim como algumas rações que possuem componentes de combate ao tártaro fazendo isso normalmente enquanto o animal mastiga a ração, de forma simples e natural.

E não se esqueça de consultar sempre um odontologista médico veterinário periodicamente, o ideal é que eles comecem a frequentar com 3 anos de idade. Além disso, agende limpezas dentárias profissionais regularmente. Pergunte ao veterinário qual a melhor frequência para o seu cão.

cachorro-sentado-com-escova-de-dente-na-boca

0 comentário em “Cuidados com os dentes do seu cachorro

%d blogueiros gostam disto: